63

Lote 21 • 1º dia

63

Leilão 66 - Leilão de Arte e Design

Jandyra Waters

Sertãozinho, 1921

“Composição geométrica, 1972”.

Óleo s/ tela
Assinada no verso


“ Jandira rompe, de maneira abrupta, com a escola e “desenvolve um abstracionismo formal, totalmente original e inédito, de signos misteriosos e enigmáticos, e formas estranhas em perpétuo movimento “. (Theon Spanudis)

Natural de Sertãozinho-SP, a artista residiu na Inglaterra entre 1945 e 1950. Estudou na Country Council Art School de Sussex, Inglaterra, em 1947.
De volta ao Brasil, em 1950, estudou pintura com Yoshiya Takaoka e escultura e cerâmica com André Osze, São Paulo, SP. Estudou gravura com Darel e Marcelo Grassmann, e pintura mural com Clóvis Graciano, na Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, em 1952.
Também em 1952, estudou história da arte na Universidade de São Paulo. Começou a participar de exposições coletivas, em 1956.

Jandira realiza sua primeira exposição em 1956, no 21º Salão de Belas Artes de São Paulo, em 1956, ano da Exposição Nacional de Arte Concreta, que marca o início formal do concretismo na arte brasileira, que permearia marginalmente a obra de Jandira.
Com o tempo os signos do trabalho da artista foram enriquecendo e se multiplicando, o seu colorido tornou-se mais solar, uma efervescência e inquietude calorosa emanavam das suas obras. Depois os signos começam a desaparecer, as formas estranhas ganham em volume e aparecem movimentos circulares e dançantes, de ímpeto dionisíaco e frenesi extático.


80 x 100 cm

Inicial
R$ 18.000
Lote arrematado

Lotes relacionados

Ver todos os 155 lotes »

Ver todos os 155 lotes »